Metas 2008

Eu nunca fiz isso antes, na verdade, eu sempre achei besteira esse negócio de resolução de ano novo. Mas quem sabe, no início do ano que vem, eu pegue isso aqui e veja o que eu consegui fazer.

– emagrecer. a cada dia que passa eu tenho mais medo de ter um piripaque por causa da minha condição física. É sério. Estou muitos quilos acima do peso (uns 15 ou 20) e parte disso é falta de vergonha mesmo. Mas porra, comer é bom pra caralho, malhar é muito chato e fazer dieta dá fome…hehe. Tem coisa melhor que uma picanha pingando? E pizza? batata frita? Coca-cola com limão?

– publicar muito. No mundo acadêmico, o que conta é publicação. vc é que o que vc publica (péssimo trocadilho). Mas é sério, dizem que essa obsessão por publicação é cultura brasileira. Reza a lenda que nos eua não é assim, eu realmente não sei. Mas isso acontece porque os critérios do mec e das agências de fomento são as publicações. E vc acha que vai sobrar pra quem? Pros alunos, é claro…hehe. Na verdade, se os dois artigos que nós submetemos forem aceitos, já tá excelente!

– falar menos. muitas vezes eu vejo que perdi uma oportunidade de ficar calado e o fato de eu não me expressar direito algumas vezes, acaba por gerar alguns conflitos e mal entendidos (principalmente com a namorada).

– ser menos irônico/sarcástico. Nesse caso, as pessoas têm que colaborar comigo. Basta que elas não levantem, porque aí, eu corto!

– juntar dinheiro. Taí uma coisa difícil. Eu não consigo juntar dinheiro, não consigo. Eu não consigo me privar de uma coisa que eu quero pra juntar dinheiro. Faz quase um ano que eu guardo as moedas que vêm parar na minha carteira, com isso, eu já tenho algumas dezenas de reais. Mas na frente do que eu poderia juntar, isso é nada.

– viajar pra venezuela. Beleza que o hugo chávez é louco e que ele tá afundando a venezuela. Mas porra, a venezuela é bem ali, dá pra ir por terra e a preço de banana. E eu nunca fui… E o que mais me aflige (ou aflinge): eu nunca saí do brasil…

– Terminar a dissertação. Terminar até o fim do ano, eu não sei se rola. Mas pelo menos que fique tudo muito bem encaminhado até lá. É claro que isso depende só de mim.

– ser menos ranzinza. Eu sou muito ranzinza, enjoado mesmo.

– ser mais sociável. Eu definitivamente não sou simpático. Pros desconhecidos eu falo o básico e à contragosto. Não dou confiança pra pessoas que puxam assunto em filas ou em paradas de ônibus.

– degustar vinhos. não sei porque diabos eu inventei essa agora. Me deu na cabeça que eu quero ser conhecedor de vinhos.

Eu acho que é só

Anúncios

Sobre Arlen Nascimento
26 anos, Manaus.

3 Responses to Metas 2008

  1. Srta Green says:

    Eu dou confiança pras pessoas que puxam assunto no ônibus, em filas, paradas e o que houver… =p

  2. Pingback: Follow-up 2008 « Pai d’égua

  3. Pingback: Pai D’Égua » Follow-up 2008

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: