Chega de fru-fru

Eu, como um profissional de ciência da computação, acho esse estardalhaço todo em cima da ‘web 2.0’ uma palhaçada. É uma tentativa de transformar uma ciência exata em uma ciência humana e enchê-la de teses inúteis sobre ‘comportamento’, ‘mídias sociais’ e qualquer outra coisa que o pessoal do marketing inventou.

A primeira vez que eu ouvi falar na web 2.0 foi no ‘sun tech day’ – não vá pra esse evento – de 2006 – não tenho tanta certeza -. A ‘web 2.0’ me foi apresentada lá como apenas um conceito, e o maior representante desse novo conceito era o AJAX.

O AJAX, de fato, é uma revolução. Apesar de ter tirado um pouco da deliciosa crueza da internet (leia-se html). O bom é que a página não precisa mais ser recarregada pra coisas simples como uma consulta de cep.

O problema mesmo são os geniozinhos por trás das idéias ‘inteligentes’. Eu posso visualizar uma reunião cheia de pessoas engravatadas com gel no cabelo babando termos prolixos para as coisas mais simples do mundo como html, javascript, ip, browser e etc.

Aliás, aproveito esse post pra falar da famigerada TI. Esse termo é outra palhaçada. Jamais me xinguem dizendo que eu sou de ‘TI’. Não, eu não sou de ‘tecnologia da informação’, eu sou de computação, porra!!

TI pra mim é aquela pessoa que trabalha de roupa social e gravata criando conta no windows server e que tem que tirar 10 certificações da Microsoft pra configurar um servidor dhcp…

É claro que isso é uma visão extremamente preconceituosa da minha parte, mas TI pra mim é burocracia, é ‘metodologia’, ‘scp’, ‘iso’, ‘pqp’, ‘fdp’ e várias outras siglas que o pessoal de engenharia de software (as humanas da computação :P) inventou.

Pra mim, computação é o oposto disso. Computação é bermuda, camiseta, chinelo e fone de ouvido. Computação é sábado, domingo e ver o dia amanhecer. Computação é cortar pizza com tesoura sábado a tarde na universidade (não é mentira!) e x-salada.

Eu sei que, fatalmente, eu vou cair nesses escritórios de TI, mas que eu vou fazer todo o possível pra que não. Não tenha dúvida!
A parte da web 2.0 foi inspirada nesse post

Anúncios

Sobre Arlen Nascimento
26 anos, Manaus.

3 Responses to Chega de fru-fru

  1. Ô, rapaz…. Por que você acha que eu virei jornalista? Nossa querida computação virou essa putaria de TI. Eu fiz todos os cursos do MCSE da Microsoft em 2000, mas não tive saco pra fazer a prova de certificação. Foi mais ou menos nessa época que tudo começou a mudar. Começou a pressão pra pegar certificação, melhores práticas, governança de TI, ITIL, COBIT, meu pau de boina. Em 2004 eu passei pra segurança da informação, achando que ainda ia encontrar um pouco do clima antigo. Encontrei, mas não me deixaram trabalhar com isso: fui fazer análise de risco, disaster recovery, gestão de processos. Cansei, joguei a toalha.

  2. agiordanna says:

    =/

  3. Caralho, o Marco Aurélio comentou no teu blog!!! Caraaaaaaaaaaio! ahahaha

    Cara, concordo contigo no post. Esse estardalhaço tá igual àquela bolha das “.com”. Já vejo um monte de gerentes marcando reuniões pra decidir o que lançar na web 2.0, hehe.
    Agora, seguinte Arlen: você acaba em um escritório de TI se quiser. Não quer vir aqui fazer uma entrevista? To precisando de gente pra minha equipe. Larga a porra dessa ufam e bora brincar de gente grande, caraio.

    Quanto ao teu comentário no meu blog: porra, 20 ou 30 dólares? Quem dera eu tivesse esses gastos só no meu cartão. To até vendo que vou ter que vender meu carro (que ainda é 1/3 do Finasa, hehe) pra pagar as maquiagens e outras coisas “super úteis” da minha mulher. Dica: não case, hehe.

    []’s

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: