Um tributo a Legião Urbana

Legião Urbana é uma das minhas bandas favoritas desde sempre. Comecei a ouvir e me interessar por música com Legião.

O primeiro cd que eu tive foi o dos Mamonas Assassinas. O segundo – ou terceiro, sei lá – foi o Música para acampamentos, do Legião.

Lembro até hoje que ele foi comprado num sábado de manhã, no centro, numa loja que tem ali na 7 de setembro, perto da Eduardo Ribeiro. O cd foi comprado logo após eu ter ganhado meu discman Sony, que aliás, tenho ate hoje. E que aliás, deve funcionar ate hoje, já que o problema mesmo foi no adaptador. E também lembro que o cd custava 35 reais. Em 1996, isso era uma fortuna! E como a embalagem estava com defeito, conseguimos um desconto de 3 reais.

Also, ter um discman em 1996 dava um status inacreditável… hehe

Naquela época, já gostava de Legião mas conhecia muito pouco, só os hits mesmo. Confesso que estranhei aquele cd, que apesar de duplo, não trazia Será. Demorei um tempo pra entender aquele disco, que traz músicas mais “lado b” e que só muitos anos depois se tornaram realmente conhecidas.

Comecei a gostar mais do disco 1. Escutava quase todo. No disco 2, só escutava Pais e Filhos e Faroeste Caboclo.

Mas com o passar do tempo, comecei a digerir as outras músicas e a compreender a genialidade das diversas músicas incidentais que atravessam o disco, como em Soldados e A Montanha Mágica (absurdamente genial!), a letra fortíssima e a melodia doce e infantil de Canção ao Senhor da Guerra, Stand by me em Pais e Filhos, as músicas do acústico distribuídas pelo disco e etc.

Imagine aí que durante muitos anos, o único registro do Acústico foram apenas aquelas músicas no Acampamentos.

Também lembro que fiquei revoltado pelo encarte não conter quase nada. Não havia letras, apenas a ficha técnica das músicas e uma espécie de cartão com um desenho de uma fogueira e pessoas em volta dela.

Enfim, esse disco marcou muito a minha vida. Tenho ele até hoje, apesar de estar estragado há muito tempo. Por pura meninice, deixava os meus cds no sol! E aí as partes gravadas começaram a sair…

Uma vez eu emprestei esse cd pra uma amiguinha colorida que eu tinha 😀 e ela me devolveu com a capa e o cartão que vinha dentro todo riscado! A biatch falou que isso aconteceu porque ela falava ao telefone e tava com o meu cd na mão e daí começou a riscá-lo e nem percebeu… Legal…

E como foi por essa época que eu comecei a tocar violão, então a relaçao de amor com esse disco (e com o Legião) se intensificou. Não consigo de jeito nenhum chamar A Legião. Pra mim é o Legião. Ponto.

Depois fui ouvindo os outros discos. E fui entendendo melhor do que se tratava o Acampamentos.

O primeiro disco é muito cru. Mas se for parar pra pensar, que é o primeiro disco de uma banda e foi feito lá pelos anos 80, é perdoável. Aliás, a influência dos anos 80 pode ser vista pelos sintetizadores.

O Dois é um disco fantástico. Daniel na cova dos leões, que fala sobre cocaína? ou sobre homossexualismo (aquele gosto amargo do teu corpo ficou na minha boca por mais tempo…)? A lindíssima Quase sem querer, Eduardo e Mônica, Tempo Perdido, Metrópole (que veja só, continua atualíssima…). Andrea Doria, que tem todo um clima enigmático… Índios, que prefiro a versão acústica pela beleza e também porque eu sei tocar :D.

O Que País é este é muito bom. Apesar de ter só 9 músicas. Traz um encarte legal, com várias informações sobre as músicas. E tem uma música sem pé nem cabeça mas que eu adoro, Depois do Começo.

O quatro estações é um hit atrás do outro. Impressionante! Gosto muito de Feedback Song For A Dying Friend e Eu era um lobisomem juvenil, que é de uma profundidade e poesia indizíveis.

Aliás, uma tendência que eu tenho é de gostar das músicas menos conhecidas. E esse é um método que eu uso pra identificar os verdadeiros fãs de Legião. Pais e Filhos todo mundo conhece, mas só os verdadeiros fãs conhecem Clarisse, La Maison Dieu, A fonte, Aloha, Música de trabalho, A montanha mágica e tantas outras mais low profile mas muito boas!

O V é um disco que apesar de não conhecer bem, gosto muito. Foi o último disco que eu ouvi. Vim conhecê-lo já na época da internet. Possui músicas excelentes, Love Song seguida de Metal contra as nuvens é sensacional. Aliás, o que é metal contra as nuvens, hein? Pqp! Além de A montanha mágica e Sereníssima, que tem uma melodia tao contagiante quanto Quase sem querer.

Na época em que saiu o acústico, tocar todas as músicas com perfeição se tornou uma das obsessões. É claro que eu nunca consegui isso.

O descobrimento do brasil é um disco muito bonito. Consigo ouvir inteiro, sem pular um música. Há canções fortes como A fonte, Do espirito e La nuova gionvetú e sombrias e melancólicas como Só por hoje e Um dia perfeito.

Lembro que ganhei A tempestade um dia ou dois depois da morte do Renato Russo e também lembro que eu morria de medo de escutar esse cd a noite… hehe Também demorei pra digerir esse cd, repleto de músicas esquisitas. Há músicas que eu não consigo gostar ate hoje. Tirando Longe do meu lado, gosto de todas.

Uma outra estação é um cd de que eu gosto muito também. Acho Riding Song, aquela em que os integrantes se apresentam, sensacional, além de ter uma pegada muito violenta. Gosto do clima soturno de La Maisou Dieu e Clarisse. Acho Dado viciado uma trollada genial, gosto de Antes das seis, é brega mas eu gosto… hehe, gosto muito de Mariane e do clima de Travessia do Eixão.

O acústico é uma obra prima. Junto com o acústico do Nirvana e outros poucos, representa o que realmente é o acústico, violões e clima intimista. Traz versões curiosas como Hoje a noite não tem luar e me apresentaram músicas lindíssimas como The last time i saw richard (vá procurar a versão original de Joni Mitchell, é fantástica!) e a versão épica de Índios.

E ainda tem o Como se diz eu te amo, que traz um registro ao vivo muito legal do que foi o Legião Urbana.

Anúncios

Sobre Arlen Nascimento
26 anos, Manaus.

9 Responses to Um tributo a Legião Urbana

  1. Andrews says:

    Minha história é bem parecida. Primeiro Ouvi Mamonas Assassinas, ai então veio a legião e está até hj na minha vida, sempre presente. Siga: @LegiaoUrbana_

    abs…
    valeu!

  2. Marcio Luz Scheibel says:

    Hehehe… eu ouvi quase tudo isso e já era fã de legião antes de existir mamonas! mas tb curtia tocar em violão, tinha todas as cifras e uma predileção por várias das menos conhecidas…. “é legião! é legião!” O álbum V eu tinha em VINIL! 😀 ainda tenho! só não tneho onde tocar 😀

    • Arlen Nascimento says:

      É porque eu só tenho 25 anos, Marcio… hehe

  3. ygor lelis says:

    cara, se eu te falar tu vai me xingar….
    eu roubei teu cd “uma outra estaçao”… uahuhhau
    naum lembras do emprestimo sem devoluçao???

    boa redaçao meu brother, viajei no tempo!!

  4. Arlen Nascimento says:

    E ai, diretor?
    Nunca esqueci que tu nunca me devolveu esse cd

  5. Adrienne says:

    Os que mais gosto dessa lista toda são o “Dois” e o “Como é que se diz eu te amo”. Vale a pena lembrar que apesar de só conhecer os hits, eu detestava com todas as minhas forças Legião Urbana. Aliás, odiava até mesmo quando tu tentava imitar a voz grave do Renato Russo. =)

    Gosto também do “Descobrimento do Brasil”, mas não me envolvi muito com ele pelo fato de ter sido confiscado muito cedo das mãos da Adrielle.

    Bem no fim, passei a gostar de Legião simplesmente porque as letras passaram a ter um sentido pra mim. Muitas delas me fizeram refletir sobre aspectos importantes da vida. Não estou colocando O Legião na categoria de autoajuda, ok?

  6. André says:

    além de muito boa as músicas, as letras que renato russo criava eram lindas… quem quiser dar uma olhada em todas as letras da Legião Urbana, da uma entrada neste site: http://qualealetradamusica.com.br/l/legiao-urbana/

  7. Fábio Bruno Lima de Moura says:

    Cara…

    Vc por acaso tem o encarte deste disco num JPEG? me contacte caso tenha, por favor.
    lead.bruno@gmail.com

    super abraço.

    • Arlen Nascimento says:

      eu tenho o disco guardado, mas tá em casa. mas eu moro em outro lugar agora. um dia eu te mando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: