E quando a bolha estourar?

Seguindo a tradição do blog, falo sobre um assunto sobre o qual não tenho o menor domínio e cheio de opiniões sem nenhum embasamento.

Manaus passa por um momento de expansão absurdo. Tudo está crescendo para todos os lados. Prédios residenciais e comerciais estão brotando do chão. Toda semana são lançados empreendimentos imobiliários para todos os bolsos e gostos nos mais diversos cantos da cidade.

Existem imóveis com piso em porcelanato e blindex até imóveis em que apenas a cozinha é entregue  com piso, o resto vem no cimento mesmo. De apartamentos de 40 e poucos metros quadrados até coberturas que chegam a 400 metros quadrados!

Daí nasce a especulação imobiliária. Chega a ser ridículo um apartamento de 50 metros quadrados custar mais de R$ 200.000 reais pra comprar ou R$ 1000 pra alugar, com taxa de condomínio girando em torno de 300 reais. É patético, mas vende (quase) tudo.

Com a violência crescente, qualquer pessoa que tenha um pouco de juízo não quer comprar uma “casa de bairro”, é muito perigoso chegar em casa de madrugada e ainda ter que sair do carro pra abrir o portão ou ter que ficar esperando o portão abrir.

E é aí que os condomínios fechados fazem a festa. Tem condomínio aqui cuja taxa é R$ 1300! Claro que deve ter condomínio com a taxa muito maior, mas, caceta, R$ 1300 só pra ter o direito de morar em um lugar é caro demais. Mas entendo muito bem os motivos pra pagar um valor desse, só quem já teve um revolver apontado pra si entende.

Como tenho olhado o jornal em busca de apartamentos, notei uma espécie de padrão. Os valores estão muito altos não somente porque a procura está alta. Os valores estão altos porque o pessoal simplesmente não quer arredar o pé e baixar o preço. Olhando o jornal por 3 semanas seguidas, você vê quase todos os mesmos apartamentos de sempre, com o mesmo preço. Nunca entendi muito bem esse comportamento do comércio de preferir manter os preços altos e não ter clientes a abrir mão de uma parcela do lucro e manter o negócio fluindo.

Ou seja, muitos apartamentos não estão “sobrando” porque estão começando a exceder o poder de compra de quem está interessado em comprar/alugar, e essa é exatamente a definição de bolha.

Pagando R$ 1000 de aluguel (veja, estou falando de morar minimamente bem), R$ 300 de condomínio e mais as outras despesas de uma casa, se gasta mais de R$ 2000, que é o salário de quem está começando a carreira. Se adicionar carro e gasolina, a conta extrapola os R$ 3000.

(Esse último parágrafo ficou muito classe média sofre. E é isso mesmo. Para protestar, pressione CTRL+Q)

Se o Brasil vive uma bolha imobiliária ou não é dificil dizer, se nem quem passa a vida inteira estudando isso consegue afirmar, imagina eu. Mas por causa da crescente oferta de crédito e da supervalorização, a resposta natural é dizer que sim. Mas há quem diga que não.

Eu, como um leigo total, acredito que não só existe uma bolha como ela está muito próxima de estourar. Já há apartamentos aí que estão encalhados, não vendem de jeito nenhum e nem vão vender porque além de caros são muito mal localizados.

A questão é saber quando vai ser possível alugar um apartamento na Ponta Negra dos atuais R$ 4000, R$ 5000 por, sei lá, R$ 800, R$ 1000.

Anúncios

Sobre Arlen Nascimento
26 anos, Manaus.

One Response to E quando a bolha estourar?

  1. Adrienne says:

    Com a experiência que tenho em vendas (cof cof), aprendi algo muito importante: se você quiser mesmo manter o ritmo *vendendo* suas coisas, você tem que ceder.

    O grupo de pessoas que treina você para esse trabalho enfia um monte de lorota na sua cabeça, tentandi te convencer que você pode sim vender uma caneta por R$ 300. Qnd você começa
    a vender o seu produto, a realidade se mostra de outra forma: a caneta está muito supervalorizada e ngm tem R$ 300 assim, dando sopa.

    Então o que acontece é que muita gente fica rica só com a ilusão, só com aquela ideia de ter *aquele* valor. E não cede nunca. E acaba nao tendo nada.

    Enfim, conclusão: é bem melhor ter dinheiro de verdade na mão do que só aquele hipotético, que não vem nunca.

    Ah, e falando do apto, acho que vcs fizeram um bom investimento.

    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: