Há 1 ano

Há exatamente um ano, eu estava em Coimbra, forever alone, morando meio que de favor (na verdade, na brodagem). Tava na transição de um emprego pro outro, então tava sem computador, pois o que eu usava era do trabalho. E também tava meio sem dinheiro. Eu tinha dinheiro, mas não podia ficar gastando, tinha que racionalizar, então ficava em casa mesmo.  Minhas saídas eram pra almoçar ou jantar fora de vez em quando.
O meu computador era o meu celular e, claro, era super limitado. Então assistia muita televisão e lia a auto-biografia do Eric Clapton (que aliás, nem terminei de ler). Agosto, no hemisfério norte, é o auge do verão e, na Europa, férias quase gerais. O calor era infernal, coisa de cerca de 40 graus Celsius.

Mas acho que no dia 15 de agosto do ano passado, eu ja tinha comprado um computador, acho que comprei no dia 14. Mas mesmo assim foram 14 dias sem computador. Ruim demais.

Eu tinha apenas a tv aberta com 4 canais (e era uma tv de 14″).

Acordava por volta de meio dia, tomava café e deixava pra almoçar lá pelas 16hrs. Ligava a tv e ficava “assistindo” a Volta a Portugal em Bicicleta. Que coisa idiota. Nada contra, mas porra, transmitir isso todo santo dia é de fuder. Mas os caras são foda, diga-se. Correr de bicicleta com 40 graus na cabeça não é facil.

O curioso das corridas de bicicleta é que, invariavelmente, quem lidera a prova inteira não ganha. Quando falta 1km pra linha de chegada, sai um cara la de trás (muitas vezes, um que nem estava no pelotão) rasgando tudo e fica em primeiro. Imagina que merda deve ser pra quem liderou o resto da prova inteiro!

Mas o post não é pra isso. Como acordava muito tarde, dormia muito tarde também, lá pelas 3, 4 da manhã. E deixava a tv ligada, claro.

Certa vez, tava lá fazendo sudoku ou lendo, quando começa a passar na tv, nada menos, que CARGA PESADA!

Quem diria que as aventuras de Pedro e Bino passavam na tv aberta portuguesa em plena madrugada. E digo mais: curti carga pesada. Nunca tinha assistido aqui, mas até que tinha umas histórias bem loucas. E não é aquele negócio de valorizar o brasil quando se está longe, não. Nada a ver. Era falta de coisa melhor mesmo.

Outra coisa curiosíssima eram os programas que antecediam Carga Pesada.

Primeiro passava “Alerta Cobra”, um seriado policial Alemão muito bom! Mas muito bom mesmo! Recomendo demais. O mais louco é que passava legendado, então conseguia captar uma ou duas palavras em alemão e me achar o fodão. Uma cena inesquecível desse seriado é quando um dos policiais atirou em um carro com a intenção de fazê-lo explodir e dar aquele sobrevoo. E tudo isso pra que? Pra atingir um helicoptero! Impossível não me apaixonar por uma cena dessas.

Alias, enquanto escrevia o paragrafo acima, lembrei que não era exatamente um seriado de policiais comuns. Os protagonistas eram policiais da autobahn que se metiam em resolução de crimes de todo o tipo. Em um dos episódios, eles pararam um motorista bebado e acabaram descobrindo um esquema de vendas de armas. Ou alguma coisa assim. Mas era bem louco.

Na sequência vinha The Unit. Já tinha ouvido falar mas nunca tinha visto. O seriado é legal apesar de parecer muito fake.

E para manter o nível de excelência, nada menos que Carga Pesada na sequência.

Alias, olha que spinoff foda acabei de imaginar: Carga Pesada e Alerta Cobra!
Se realizam isso, nem cobro pela ideia.

Anúncios

Sobre Arlen Nascimento
26 anos, Manaus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: