Homogeneização

Acho curioso quando eu ouço alguém falando algo do tipo “nos eua e na europa isso aqui tá fazendo o maior sucesso”.

Eu fico pensando: os EUA que são um país só com, mais ou menos, os mesmos costumes, já são muito diferentes. Imagina botar a europa toda (paises diferentes!) no mesmo saco.

Acho uma expressão bem besta.

Anúncios

Fim

Esse texto foi publicado no meu fotolog em 25.09.06, na ocasião da morte de um amigo que estudou comigo no ensino médio. Foi um acidente de carro terrível, que vitimou um outro amigo que havia sido nosso professor e o namorado de uma amiga. Esse texto me veio a cabeça (e ficou ecoando) por causa da Ana Luíza, uma criança inocente, que tinha 7 anos, vítima de uma cancer terrível… Não vai dar conforto nenhum a ninguém, mas queria falar.

A morte é um negócio estranho…
Como pode uma pessoa estar aqui um dia e depois nunca mais??
Eu ja pensei nisso antes e nao tem resposta…
Pra onde se vai?? morre, enterra e depois??
Qdo é uma pessoa próxima então, é mais estranho ainda, uma pessoa q convivia com vc, q estudou com vc, q vc xingava, brincava, ria da cara e depois vc nunca mais vai poder fazer isso…e pode ser com qq um de nós, ninguém está acima disso, ninguém, todo mundo um dia vai, é a única certeza de todo mundo
A primeira reação é de não acreditar na notícia, achar q é uma brincadeira ou sei lá o q, mas aí é mesmo verdade e é triste e etc…é foda…

Os números de 2010

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Uau.

Números apetitosos

Featured image

Um duende das estatísticas pintou esta imagem abstracta, com base nos seus dados.

Um Boeing 747-400 transporta 416 passageiros. Este blog foi visitado cerca de 11,000 vezes em 2010. Ou seja, cerca de 26 747s cheios.

 

Em 2010, escreveu 49 novo artigo, aumentando o arquivo total do seu blog para 226 artigos. Fez upload de 13 imagens, ocupando um total de 9mb. Isso equivale a cerca de uma imagem por mês.

The busiest day of the year was 17 de junho with 159 views. The most popular post that day was Guia de programas da TV Amazonense.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram twitter.com, google.com.br, search.conduit.com, cretinafeelings.wordpress.com e comabemmanaus.wordpress.com

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por vinho galiotto, o que é mestrado, ideias revolucionarias, barbeador yashica é bom e vinho galiotto preços

Atracções em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

Guia de programas da TV Amazonense abril, 2010
9 comentários

2

Barbeador elétrico novembro, 2007
6 comentários

3

O que é mestrado? janeiro, 2010
5 comentários

4

Galiotto não é vinho dezembro, 2008
9 comentários

5

Juntando legenda com filme no Linux março, 2008
2 comentários

Update

O post Mudança de Hábitos tava incompleto, tinha esquecido de colocar as fotos.

Agora tá todo bonitinho. Vá lá ver.

Dúvidas

Alguém ne diz por quê jornalista escreve tão mal?

Alguns conseguem escrever pior que eu, e olha que eu não acho que escrevo bem

Um tributo a Legião Urbana

Legião Urbana é uma das minhas bandas favoritas desde sempre. Comecei a ouvir e me interessar por música com Legião.

O primeiro cd que eu tive foi o dos Mamonas Assassinas. O segundo – ou terceiro, sei lá – foi o Música para acampamentos, do Legião.

Lembro até hoje que ele foi comprado num sábado de manhã, no centro, numa loja que tem ali na 7 de setembro, perto da Eduardo Ribeiro. O cd foi comprado logo após eu ter ganhado meu discman Sony, que aliás, tenho ate hoje. E que aliás, deve funcionar ate hoje, já que o problema mesmo foi no adaptador. E também lembro que o cd custava 35 reais. Em 1996, isso era uma fortuna! E como a embalagem estava com defeito, conseguimos um desconto de 3 reais.

Also, ter um discman em 1996 dava um status inacreditável… hehe

Naquela época, já gostava de Legião mas conhecia muito pouco, só os hits mesmo. Confesso que estranhei aquele cd, que apesar de duplo, não trazia Será. Demorei um tempo pra entender aquele disco, que traz músicas mais “lado b” e que só muitos anos depois se tornaram realmente conhecidas.

Comecei a gostar mais do disco 1. Escutava quase todo. No disco 2, só escutava Pais e Filhos e Faroeste Caboclo.

Mas com o passar do tempo, comecei a digerir as outras músicas e a compreender a genialidade das diversas músicas incidentais que atravessam o disco, como em Soldados e A Montanha Mágica (absurdamente genial!), a letra fortíssima e a melodia doce e infantil de Canção ao Senhor da Guerra, Stand by me em Pais e Filhos, as músicas do acústico distribuídas pelo disco e etc.

Imagine aí que durante muitos anos, o único registro do Acústico foram apenas aquelas músicas no Acampamentos.

Também lembro que fiquei revoltado pelo encarte não conter quase nada. Não havia letras, apenas a ficha técnica das músicas e uma espécie de cartão com um desenho de uma fogueira e pessoas em volta dela.

Enfim, esse disco marcou muito a minha vida. Tenho ele até hoje, apesar de estar estragado há muito tempo. Por pura meninice, deixava os meus cds no sol! E aí as partes gravadas começaram a sair…

Uma vez eu emprestei esse cd pra uma amiguinha colorida que eu tinha 😀 e ela me devolveu com a capa e o cartão que vinha dentro todo riscado! A biatch falou que isso aconteceu porque ela falava ao telefone e tava com o meu cd na mão e daí começou a riscá-lo e nem percebeu… Legal…

E como foi por essa época que eu comecei a tocar violão, então a relaçao de amor com esse disco (e com o Legião) se intensificou. Não consigo de jeito nenhum chamar A Legião. Pra mim é o Legião. Ponto.

Depois fui ouvindo os outros discos. E fui entendendo melhor do que se tratava o Acampamentos.

O primeiro disco é muito cru. Mas se for parar pra pensar, que é o primeiro disco de uma banda e foi feito lá pelos anos 80, é perdoável. Aliás, a influência dos anos 80 pode ser vista pelos sintetizadores.

O Dois é um disco fantástico. Daniel na cova dos leões, que fala sobre cocaína? ou sobre homossexualismo (aquele gosto amargo do teu corpo ficou na minha boca por mais tempo…)? A lindíssima Quase sem querer, Eduardo e Mônica, Tempo Perdido, Metrópole (que veja só, continua atualíssima…). Andrea Doria, que tem todo um clima enigmático… Índios, que prefiro a versão acústica pela beleza e também porque eu sei tocar :D.

O Que País é este é muito bom. Apesar de ter só 9 músicas. Traz um encarte legal, com várias informações sobre as músicas. E tem uma música sem pé nem cabeça mas que eu adoro, Depois do Começo.

O quatro estações é um hit atrás do outro. Impressionante! Gosto muito de Feedback Song For A Dying Friend e Eu era um lobisomem juvenil, que é de uma profundidade e poesia indizíveis.

Aliás, uma tendência que eu tenho é de gostar das músicas menos conhecidas. E esse é um método que eu uso pra identificar os verdadeiros fãs de Legião. Pais e Filhos todo mundo conhece, mas só os verdadeiros fãs conhecem Clarisse, La Maison Dieu, A fonte, Aloha, Música de trabalho, A montanha mágica e tantas outras mais low profile mas muito boas!

O V é um disco que apesar de não conhecer bem, gosto muito. Foi o último disco que eu ouvi. Vim conhecê-lo já na época da internet. Possui músicas excelentes, Love Song seguida de Metal contra as nuvens é sensacional. Aliás, o que é metal contra as nuvens, hein? Pqp! Além de A montanha mágica e Sereníssima, que tem uma melodia tao contagiante quanto Quase sem querer.

Na época em que saiu o acústico, tocar todas as músicas com perfeição se tornou uma das obsessões. É claro que eu nunca consegui isso.

O descobrimento do brasil é um disco muito bonito. Consigo ouvir inteiro, sem pular um música. Há canções fortes como A fonte, Do espirito e La nuova gionvetú e sombrias e melancólicas como Só por hoje e Um dia perfeito.

Lembro que ganhei A tempestade um dia ou dois depois da morte do Renato Russo e também lembro que eu morria de medo de escutar esse cd a noite… hehe Também demorei pra digerir esse cd, repleto de músicas esquisitas. Há músicas que eu não consigo gostar ate hoje. Tirando Longe do meu lado, gosto de todas.

Uma outra estação é um cd de que eu gosto muito também. Acho Riding Song, aquela em que os integrantes se apresentam, sensacional, além de ter uma pegada muito violenta. Gosto do clima soturno de La Maisou Dieu e Clarisse. Acho Dado viciado uma trollada genial, gosto de Antes das seis, é brega mas eu gosto… hehe, gosto muito de Mariane e do clima de Travessia do Eixão.

O acústico é uma obra prima. Junto com o acústico do Nirvana e outros poucos, representa o que realmente é o acústico, violões e clima intimista. Traz versões curiosas como Hoje a noite não tem luar e me apresentaram músicas lindíssimas como The last time i saw richard (vá procurar a versão original de Joni Mitchell, é fantástica!) e a versão épica de Índios.

E ainda tem o Como se diz eu te amo, que traz um registro ao vivo muito legal do que foi o Legião Urbana.

Momentos

Às vezes a gente reclama, mas a vida e boa.
Apesar de eu estar sem computador e sem “poder” viajar, eu não posso reclamar.Acabei de me tocar disso quando me dei conta que hoje eu almocei um arremedo de ribs on the barbie (que eu mesmo fiz! :D) e nesse momento estou tomando uma weißbier legítima no copo em que deve ser tomada. Tudo isso com um clima agradabílissimo, menos de 20 graus, ….
É besteira? Sem dúvida. Mas são esses pequenos momentos indizíveis…
É claro que ela poderia estar aqui… mas…

%d blogueiros gostam disto: